Ciclo leiteiro (Maiorchino)
Street View (se houver)
O Street View está disponível apenas com o Google Maps.
descrição

Ciclo leiteiro (Maiorchino)

maiorquino

Maiorquino

 

---------------- 

Fichas técnicas elaboradas por: Região da Sicília - Departamento do patrimônio cultural e identidade siciliana - CRicd: Centro regional de inventário, catalogação e documentação e cinemateca regional da Sicília

1º Ciclo Leiteiro (Maiorchino)

Não. Prog.
24
Bem
Ciclo leiteiro (Maiorchino)
Livro
REI - Livro de celebrações
Data de aprovação
25-01-2006
Categoria
Sabe
província
Messina
recurso
Montanhas Peloritani
Comune
 
Denominação local
 
Notícias cronológicas
Acredita-se que o Maiorchino nasceu no início do século XVII, junto com a tradicional "Sagra della Maiorchina".
Maiorchino é muito conhecida pela sua produção artesanal: já em 1933 uma publicação de Carmelo Campisi, intitulada Ovelha e Pecorino da Sicília, ilustrou as técnicas.
Recorrência
-
Data
 
oportunidade
 
Função
 
atores
 
participantes
 
descrição
Maiorchino é um típico e precioso queijo duro da Sicília, produzido sobretudo em Novara di Sicilia.
Cada forma de Maiorchino é o resultado de um procedimento longo e paciente, que deve ser seguido com atenção.
O sabor é particularmente picante e muito forte, sendo produzido apenas de fevereiro a junho. Começa por filtrar o leite de ovelha cru, ao qual às vezes é adicionado leite misturado (leite de cabra por exemplo), recolhendo tudo em um recipiente de cobre chamado pedreira. Após cerca de uma hora, a coalhada é quebrada com uma ferramenta de madeira (um jarro) e coloque-o de volta no fogo, esperando que assente no fundo. Então, quando esfria, é coletado manualmente e recebe uma forma esférica antes de ser colocado para descansar no educado (molde de madeira) e depois mestre (mesa de madeira). Assim começa a delicada fase de furação, fundamental para separar o soro do que será o produto final. A perfuração, porém, ainda é feita como antes, ou seja, com o ameaçar, uma agulha de ferro que serve para quebrar as bolhas de ar que se formam no interior do queijo. Na verdade, à medida que o queijo esvazia, é suavemente prensado para ser compactado; esta é a fase mais delicada de todo o processo produtivo. Segue-se a salga do Maiorchino, que decorre a seco e requer um período de vinte a trinta dias. Finalmente, o envelhecimento do Maiorchino é muito complexo e dividido em várias fases: nos primeiros dois meses o queijo é limpo, esfregado e virado; a partir do terceiro mês inicia-se o tratamento com azeite. O tempo médio de cura necessário para obter um Maiorchino realmente bom é de seis a oito meses. O envelhecimento ocorre em edifícios de pedra, às vezes subterrâneos, frescos e úmidos, equipados com prateleiras de madeira e pode durar até vinte e quatro meses. A forma é cilíndrica, a casca é amarelo âmbar tendendo ao marrom com o envelhecimento, a pasta é branca tendendo a amarelo palha. Na boca, os aromas herbáceos, florais e frutados caracterizam este queijo com um sabor forte e picante, principalmente se envelhecido.
Bibliografia
Campisi, Carmel. 1933. Ovelhas e pecorino da Sicília: criação, tosquia, ordenha, fabricação de queijos pecorino. Catânia: F. Battiato.
 
Giacomarra, Mário. 2006, Os pastores Madonie: ambiente, técnicas, sociedade. Palermo: Fundação Ignazio Buttitta.
 
Giallombardo, Fátima. 2003. A mesa, o altar, a estrada. Cenários alimentares na Sicília. Palermo: Sellerio.
Sitography
 
Filmografia
 
Discografia
 
Note
O Maiorchino é o protagonista de um jogo antigo, que remonta ao século XVII, um acontecimento imperdível para toda a população de Novara di Sicilia e da província de Messina. O jogo consiste em rolar uma roda do famoso queijo pelas ruas estreitas do centro histórico de Novara di Sicilia, por cerca de dois quilômetros. Equipes de três jogadores tentam vencer a competição cobiçada levando o formulário à linha de chegada com o menor número de arremessos. Para lançar as formas, que pesam cerca de dez quilos, têm diâmetro de trinta e cinco centímetros e espessura de doze, as equipes se ajudam mutuamente com umsensual, uma renda muito resistente que dá maior resistência ao lançamento. Tradicionalmente, a final do torneio acontece sempre na terça-feira gorda, transformando-se em uma festa para toda a cidade: um verdadeiro curral é montado na praça, onde camponeses com roupas tradicionais preparam pratos típicos.
Autor do cartão: Paola Barbata
Ir para o Google Maps
Avalie (1 a 5)
0.000
Envie um aviso ao editor
[contact-form-7 id = "18385"]
Partilhar